Arquivo do mês: junho 2011

O arquiteto da luz

Tuca Reinés gosta muito de conversar. Num papo, ele emenda histórias, sem pressa e sem hora pra acabar. Como nos velhos tempos, quando as pessoas eram mais generosas, desenvoltas e articuladas. Sem a correria que pega pelo pé e arrasta … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

No embalo do iê iê iê

Arnaldo Antunes é uma unanimidade contestada por uma voz solitária. Rogério Skylab, personagem que acaba de morrer depois do lançamento de Skylab X, sustenta que Arnaldo, como Caetano Veloso, faz malabarismos para ocupar uma vaga entre as novidades da música … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

O figurino pop de Nara Leão

Se Fernanda Takai, vocalista do Pato Fu, seguir o roteiro do DVD Luz Negra – Ao Vivo, de 2009, na apresentação do Flamboyant in Concert, às 20 horas, no Flamboyant Shopping Center, ela vai reverter expectativas de, no mínimo, três … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Aninha vai ao cinema

O aniversário de nascimento de Cora Coralina, no dia 20 de agosto, será comemorado junto com outro aniversário oportuno. Em 2011, a Cidade de Goiás completa 10 anos como Patrimônio da Humanidade. Na festa conjunta, de um personagem que inventa … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Amante profissional

Serge Gainsbourg era um homem feio que vivia cercado de mulheres bonitas. “A feiúra é superior à beleza”, ele disse. “Pois é permanente.” Não há registro científico do magnetismo de Serge, mas, com ar de vampiro da madrugada, ele atraiu … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Eternos sucessos da vovó do rock

Rita Lee encerra hoje o 13º Festival Internacional de Cinema Ambiental (Fica), na Cidade de Goiás, com show gratuito na Praça de Eventos. DJ Maurício Mota e Diego de Moraes e o Sindicato foram escalados para fazer a abertura, a … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Pop filarmônico

Guilherme Arantes, autor de Meu Mundo e Nada Mais, interpreta sucessos escolhidos ao longo de 35 anos de carreira com o elegante figurino da Orquestra Filarmônica de Brasília, sob regência do maestro Joaquim França, no Teatro Rio Vermelho. “Acho que … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário