A guitarra do Barão

Roberto Frejat e seus ternos bem cortados são atração de hoje no Flamboyant in Concert. No show A Tal da Felicidade, às 20 horas no Flamboyant Shopping Center, Frejat (guitarra, vocal) é acompanhado por Billy Brandão (guitarra), Bruno Migliari (baixo), Marcelinho da Costa (bateria) e Maurício Barros (teclados). A banda está na estrada desde 2011. A turnê passou por mais de 60 cidades antes de chegar a Goiânia.

Ao mesmo tempo em que se posiciona no mercado com dois DVDs no Rock in Rio, o primeiro com o Barão Vermelho em 1985 e o segundo com A Tal da Felicidade em 2011, Frejat é presença confirmada no próximo, em setembro, no Palco Mundo. A abertura do festival, uma homenagem a Cazuza, terá curadoria dele. O Poeta está Vivo contará com Ney Matogrosso, Bebel Gilberto, Paulo Miklos, Rogério Flausino e Maria Gadú. O repertório viajará pela trajetória da banda criada pelos dois.

O Rock in Rio é especial para Frejat. Na primeira edição, o Barão divulgava Maior Abandonado, último disco com Cazuza. No final do show, o vocalista dedicou Pro Dia Nascer Feliz ao Brasil, que comemorava a eleição de Tancredo Neves, ainda que pela via do Colégio Eleitoral, como presidente, no lugar de Paulo Maluf, que apoiava o regime militar. Eram dias de esperança no futuro. Nem todas as esperanças se confirmaram. Mas o Rock in Rio inaugurou uma fase nova para as bandas de rock.

Na edição de 2011, com a família por perto e falando muito de amor, Frejat assentou mais um tijolo em sua carreira de artista que atinge o coração da massa. “Para mim, foi importante estar no palco principal com meu trabalho e ser consagrado como sucesso num lugar onde, antes, só o grupo esteve”, confessa. Ele começou cantando Exagerado, do primeiro disco solo do Cazuza. A saída do vocalista quase custou o fim do Barão, que resistiu graças ao esforço de Frejat em assumir o microfone. Declare Guerra, o primeiro disco sem Cazuza, saiu dois anos depois de Exagerado.

Aliás, a reunião do Barão, que está em férias, é dada como certa em 2013. “Para celebrar uma obra muito bonita construída ao longo de 30 anos”, diz Frejat. Já A Tal da Felicidade passeia pela obra do Barão e pelos discos do Frejat, Amor para Recomeçar, Sobre Nós 2 e o Resto do Mundo e Intimidade entre Estranhos. Com acréscimos de Gonzaguinha (A Felicidade Bate à sua Porta dá título ao show), Caetano Veloso, Tim Maia, Gilberto Gil, Paralamas do Sucesso e Legião Urbana.

Tudo com espírito rock´n´roll. O mesmo que Frejat afirma ouvir em algumas bandas, sem identificar um herdeiro com o DNA do Barão. Com a mesma sinceridade, ele conta que não gostou do retrato que pintaram dele no filme Cazuza – O Tempo Não Para, de Sandra Werneck e Walter Carvalho, em 2004. O Cazuza de Daniel de Oliveira é maluco e o Frejat de Cadu Fávero é todo certinho. “Ficou óbvio demais, o louco e o careta, a vida não é assim.” O filme acaba na morte de Cazuza, vítima de Aids, em 1990.

Ninguém vai contar a história do Barão depois do Cazuza, com mais de 10 discos lançados, no cinema? “Estamos fazendo um documentário dirigido pela Mini Kerti”, avisa Frejat. O primeiro solo dele, Amor para Recomeçar, foi gravado em 2001. Quer dizer que dá para montar um espetáculo a partir desta fase. Sem misturar com sucessos do Barão. Seria desejável? “Depende do ponto de vista, se você pensar que eu faço parte dos dois, tem coisas que não devem ser separadas”, ele sugere. Sucesso alheio só o incomoda num sentido: “penso no que posso melhorar no meu trabalho.”

Frejat não acha que as músicas antigas são as mais vibrantes do show. “Eu não sinto isso. Você sente?”, desconversa. Mas admite que, depois de se aprimorar como guitarrista, enxerga o passado com alguma condescendência. “Eu invejo aquela inocência”, diz, rindo. A voz, que sofreu um baque, tempos atrás, por falta de cuidados, está plenamente recuperada. “A saúde vocal é fundamental para quem canta, como a preocupação com os aquecimentos e desaquecimentos e boas noites de sono”, aconselha. Frejat, enfim, aos 50 anos, revela-se mais comedido que desalinhado.

Flamboyant in Concert
com Roberto Frejat
Quando:
Terça-Feira, 26 de Março
Onde: Flamboyant Shopping Center (Deck Parking Sul, Piso 1)
Horário: 20 horas
Ingressos: esgotados

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s