Arquivo do mês: janeiro 2014

No olho do furacão

Brand New Fear, primeiro disco da banda goiana Hellbenders, foi lançado em setembro com barulho e estardalhaço. Braz Torres (vocal, guitarra), Diogo Fleury (vocal, guitarra), Vitor Noah (baixo) e Rodrigo Andrade (bateria) contaram com a produção de Carlos Eduardo Miranda. … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Uma jovem cantora de blues

Olívia Bayer considera-se a única artista, no momento, que se dedica ao blues de corpo, alma e repertório aqui na capital. Hoje ela oferece, no lobby do Castro’s Park Hotel, a privilegiada oportunidade de um tira teima. Olívia se apresenta … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

A mágica entre o rock e o sertanejo

Novo DVD de Fernando & Sorocaba, Sinta Essa Experiência foi gravado no Espaço das Américas, em São Paulo, nos dia 7 e 8 de agosto. 14 câmeras, incluindo duas gruas, foram usadas pelo diretor Fernando Trevisan Catatau. Na abertura, um … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Três gerações sertanejas no palco

Uma dupla sertaneja estreante, uma dupla sertaneja consolidada e uma dupla sertaneja tradicional e veterana estão juntas hoje na Atlanta Music Hall. Por partes, o show conta com as presenças de Mancini & Benatti, Bruno & Marrone e Milionário & … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

O rock romântico do sul

Marcelo Gross é guitarrista da banda gaúcha Cachorro Grande e Use o Assento para Flutuar é seu primeiro disco solo. O trabalho paralelo surgiu por dois motivos. Várias canções que não foram usadas no Cachorro Grande estavam na gaveta, esperando … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

O dia em que o rock morreu

Cheguei Bem a Tempo de Ver o Palco Desabar, de Ricardo Alexandre, é um livro perigoso. Não porque seu conteúdo seja bombástico. Mas porque é difícil parar de ler. A prosa do Ricardo é tão cativante e o assunto é … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Com os dentes afiados

Depois do CD acústico em 2007, com o carimbo da MTV na capa, Lobão voltou a ser elétrico em 2012, com Lino, Sexy e Brutal. Ele passou a carreira a limpo duas vezes, de formas diferentes. O segundo foi gravado … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário