Arquivo da categoria: Sem categoria

Como ser um atleta de elite

Eu nunca fui um jogador de futebol. Acredite, eu tentei jogar futebol na infância. Nas aulas de educação física, em torneios escolares, nos campinhos de terra. Era uma atividade social. Se não jogasse, estaria fora do grupo. Deus sabe que … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Como ficar pelado no museu

Eu não acho que um homem pelado por si só é uma obra de arte. Se um dia eu tiver a oportunidade de ver o Davi, de Michelangelo, eu provavelmente vou ficar emocionado. Não porque se trata de um homem … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Como ser alguém na fila do pão

The Who fez um show memorável no Rock in Rio. Eu não esperava tamanha entrega. A ansiedade, mesmo à distância, era tremenda. Um outro canal exibiu antes um show deles na Inglaterra, com orquestra, comemorando os 40 e tantos anos … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Como ouvir blues com a alma

O blues é a trilha sonora da minha vida. Culpa do Eric Clapton. Não apenas pela música dele. Mas pelas portas que ele abriu. Clapton sempre foi um estudioso e incentivador do blues, que nasceu nos Estados Unidos e cresceu … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Como andar na moda

Manuais da moda querem nos convencer, de todas as maneiras, que eles são, na verdade, manuais de etiqueta. Vamos nos esquecer, por um minuto, que manuais deveriam ser feitos com as mãos e que etiquetas têm a função, menos nobre … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Como ferver um caldeirão cultural

Sintetizamor, de João Donato e Donatinho, é uma pororoca de linguagens. Começa pela troca de olhares entre pai e filho. A tradição de mãos dadas com a modernidade. Lembrando que João Donato sempre gostou de pular a cerca das convenções. … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário

Como rir de si mesmo

Jerry Lewis morreu. Nada a lamentar. Todo mundo vai morrer um dia. Ele estava com 91 anos. Teve uma vida longa e produtiva. Deixou vários filmes. Enriqueceu com sua arte. Foi reconhecido pelo que fez. Será lembrado como o rei … Continuar lendo

Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário